fbpx
vestido de noiva para casar ao ar livre

Vestido de noiva para casar ao ar livre: como escolher?

No campo, na praia ou até em um vinhedo ou um belo jardim. Os casamentos em lugares abertos estão cada vez mais em evidência, o que faz com que muitas noivas tenham dúvidas na hora de escolher pelo vestido de noiva para casar ao ar livre.

Se você este será o seu tipo de casamento, confira as dicas importantes que separamos e que podem tornar mais fácil o momento da escolha do vestido!

Como escolher o vestido de noiva para casar ao ar livre?

Nem todos os casamentos ao ar livre são iguais, além das diferenças óbvias da paisagem e do clima, também é preciso considerar o tipo de celebração que vocês estão organizando, seus desejos e vontades, o horário do casamento e outros dados importantes. Veja algumas dicas:

  1. Cuidado com o modelo do vestido

Como será o ambiente em que você está planejando o seu casamento? Para as cerimônias na praia, por exemplo, é preciso evitar os modelos muito longos ou arrastando no chão, devido à areia. Também é recomendado fugir dos modelos muito pesados ou com volume extra na saia.

O mais indicado costuma ser o tipo sereia, mas os modelos mais retos e o império também funcionam muito bem nessas situações.

Os vestidos mais aconselhados para esse tipo de casamento são os sem manga ou com alças finas, mas se você não se sente a vontade mostrando os braços pode optar por mangas curtas rendadas ou usar algum bolero mais leve.

  1. Atenção ao tecido

Dependendo da época do ano em que você irá se casar, as celebrações ao ar livre podem ser mais quentes e abafadas. Por isso, os tecidos mais leves e fluidos são os mais interessantes.

Algumas ideias são o chiffon, a seda, a organza, o tule, o cetim misto, o musseline e o crepe georgette de seda pura.

Outra ideia é apostar na renda, que traz um ar mais romântico ao vestido e está sempre na moda, dando um toque mais sensual e elegante.

  1. Os decotes também devem ser considerados

Os decotes em V, tomara que caia e strapless (sem alças) são os mais recomendados, porque mostrar um pouco mais de pele combina muito bem com os casamentos ao ar livre.

Justamente por isso, evite decotes muito fechados e que dão uma aparência pesada ao look, como os modelos com gola alta.

  1. Sapatos e acessórios complementam a produção

Como o vestido de noiva para casar ao ar livre costuma ter um comprimento menor, os sapatos tendem a ficar em evidência, por isso preste atenção no modelo na hora da escolha.

Se você faz o tipo de noiva mais ousada, é possível até mesmo trazer um pouco de cor (principalmente se o seu vestido for curto). Além disso, é essencial optar por um modelo bastante confortável e que lhe permita curtir a festa toda.

Os acessórios como grinaldas com pérolas, flores avulsas no arranjo de cabeça, grinalda de flores ou ainda a coroa de flores ficam lindas, são super românticas e combinam muito com os casamentos ao ar livre. A dica é sempre optar pelos acessórios delicados.

Gostou dessas dicas para escolher o vestido de noiva para casar ao ar livre? Compartilhe em suas redes sociais e ajude as suas amigas a encontrarem o vestido ideal!

0ae516968cf80784b68a449fbaaf3328

DECIDINDO PELO MODELO TÃO SONHADO…

Toda noiva quando começa a sonhar com o “grande dia” uma das primeiras visões é a do vestido. Indiscutivelmente o “sonhar” não tem limite, mas toda noiva tem percepção muito clara do tipo de vestido que ela gostaria de usar.

Ao longo do tempo, até chegar a hora do grande dia muitos lançamentos com os mais variados modelos surgirão, o que poderá suscitar dúvidas ou oferecer à noiva outras opções que a façam mudar de opinião com relação ao vestido “criado em sua saudável fantasia”.

A moda é extremamente dinâmica e seu lado positivo é oferecer às noivas modelos que consigam “abalar” a determinação da mesmas vistas as inúmeras alternativas apresentadas.

Porém, pessoas que cercam a noiva seja por amizade, parentesco ou assessoria, na mais nobre intenção de colaborar, as vezes tentam influenciar na escolha do vestido, se esquecendo de levar em conta o lado emocional que envolve uma noiva no momento de escolher o vestido.

Nos dias atuais o fator econômico sem nenhuma dúvida pesa na decisão e, neste sentido, somado ao desejo da assertividade em escolher o vestido que tenha uma boa relação “custo x benefício” muitas vezes a noiva abre mão de usar o vestido dos sonhos em detrimento ao custo.

É olhando por esse ângulo que as pessoas que assessoram a noiva não rara às vezes induzem a mesma a decidir somente ponderando sobre o custo.  

No entanto, estas “assessoras” não levam em consideração que a “dona” do sonho é a noiva, se esquecendo de valorizar a satisfação e as respectivas necessidades psicológicas e emocionais da noiva que, em suma, são os sentimentos preponderantes neste momento especial da vida da noiva.

Portanto, é um privilégio para a noiva contar com pessoas que só desejam o melhor para ela, mas ninguém mais do que a própria noiva sabe o que ela quer usar independente de moda e custo. Uma forma de mostrar apreço e carinho para com a “cliente, amiga ou parente” é deixar que a palavra final seja da noiva.

Gostou das nossas dicas Curta a nossa página no Facebook e receba sempre dicas bacanas como essas!

 

 

 

escolher o vestido tomara que caia

Como escolher o vestido tomara que caia corretamente?

O vestido tomara que caia é um dos favoritos da maioria das mulheres, sendo uma ótima escolha para noivas, debutantes, formandas e convidadas. Porém, apesar dessa versatilidade, é muito importante ficar atenta a algumas dicas que irão garantir a escolha correta do modelo.

Será que o tomara que caia é indicado para todas as mulheres? Quais delas não podem usar esse tipo de decote? Continue a leitura e veja dicas para escolher o vestido tomara que caia.

3 dicas importantes para escolher o vestido tomara que caia

  1. Busto

Geralmente, o vestido tomara que caia não é uma das primeiras escolhas das mulheres com seios mais fartos, já que a maioria dos modelos não apresenta sustentação necessária, o que pode tornar o look deselegante e vulgar.

Mas, hoje já é possível encontrar modelos com bojo interno ou com estruturas que auxiliam na sustentação, o que permite que todas as mulheres aproveitem os benefícios desse tipo de decote.

Outra dica, para todas as mulheres, é sempre que possível tentar usar o tomara que caia acompanhado de um sutiã sem alça ou um modelador Lib – que ajudam a dar sustentação, moldar o seio e tornar o look mais elegante.

  1. Acessórios

Os acessórios também são fundamentais na hora de montar o look correto. Os brincos mais compridos são ótimas escolhas porque ajudam a alongar o pescoço – eles ficam muito bem com penteados presos. Se preferir os brincos pequenos, cuide para escolher por um modelo mais vistoso.

Os colares devem ser, de preferência, no estilo gargantilha, que ficam mais justos ao pescoço e não brigam com o decote. Já os colares mais alongados devem ser evitados. Você pode finalizar a produção com uma pulseira ou um bracelete.

  1. Formato do corpo

Se você acompanha o nosso blog já deve ter notado que o formato do corpo influencia bastante na escolha do modelo do vestido e também do decote. O vestido tomara que caia, por exemplo, deve ser evitado pelas mulheres mais baixinhas, porque o modelo pode dar a impressão que a mulher é ainda menor – já que há uma “diminuição” entre o espaço do pescoço à cintura.

Outro ponto importante é a cintura. Em geral, o tomara que caia fica mais legal em mulheres de cintura fina, porque essa modelagem pode evidenciar as gordurinhas extras nessa área do corpo. Nesses casos, é melhor optar pelos modelos acinturados, que ajudam a afinar o corpo.

As costas também costumam ficar em evidência com o tomara que caia, e por isso o mais indicado é que elas sejam magras, senão o vestido pode formar pregas e acabar deixando em destaque as gordurinhas.

As mulheres com ombros estreitos também precisam de cuidado na hora de escolher o vestido tomara que caia. Em geral, esse não é o melhor decote para esse tipo de corpo.

O vestido tomara que caia é indicado para:

  • Mulheres com seios pequenos;
  • Mulheres com corpo em formato de pera;
  • Mulheres com corpo em formato retângulo;
  • Mulheres com corpo em formato triângulo.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o vestido tomara que caia? Curta a nossa página no Facebook e receba sempre dicas bacanas como essa.

 

alugar o vestido

5 dicas essenciais para alugar o vestido perfeito!

Não importa se você é convidada, ou a anfitriã – toda mulher sabe o quanto o traje correto é essencial para se sentir bem em qualquer ocasião. Mas, nem sempre é fácil alugar o vestido correto e que lhe ajude a se sentir bem, não é mesmo?

Para conseguir encontrar o modelo certo é preciso considerar alguns pontos, além de garantir tempo suficiente para a busca. Veja algumas dicas importantes que podem lhe ajudar a alugar o vestido certo para qualquer ocasião!

  • Saiba o seu orçamento

Antes de sair experimentando todos os modelos que você encontrar nas lojas, pense em quanto poderá gastar. Já ir até as lojas de aluguel com um valor pré-determinado pode ajudar bastante na hora de afunilar as suas escolhas.

Se você será madrinha, pense que terá de investir um pouco mais, já que seu vestido necessita de mais requinte e sofisticação. Para as noivas, o mesmo é válido. De qualquer forma, buscar com antecedência é a melhor indicação – principalmente se você estiver com o orçamento um pouco mais apertado.

  • Pense em um modelo ideal

Toda mulher sempre tem uma ideia do que deseja vestir em determinado evento. Por isso, já saia de casa com algo em mente, mas não seja muito rígida e esteja aberta a outras possibilidades, levando sempre em consideração a opinião da consultora da loja – que geralmente está acostumada a encontrar o modelo certo considerando seu biótipo, cor de pele e também a ocasião.

Assim, não hesite em perguntar e pedir uma opinião sobre o modelo que está pensando.

  • Planeje

Como dissemos na primeira dica: antecedência é fundamental, ainda mais se você deseja alugar o vestido de noiva. Nesses casos, o recomendado é que a procura seja feita entre 8 meses e 1 ano antes do grande dia.

Esse período é ideal para que a noiva faça 3 provas e ainda tenha tempo hábil para ajustes e customizações.

  • Alugar o Vestido

O aluguel do vestido pode ser uma escolha mais econômica do que mandar fazer o seu vestido.

O mais recomendável é optar por vestidos pret-à-porter (roupa feita industrialmente em série, de boa qualidade  e assinada por um estilista da moda), que já estejam prontos. Dessa forma, você poderá conferir o caimento, avaliar a modelagem e ter noção de como o look final ficará.

  • A decisão é sua

Levar a família para ajudar a escolher o vestido pode ser uma tarefa divertida, desde que você se lembre de que a decisão final é sua – afinal será você quem irá usar o modelo escolhido e é fundamental sentir-se bem com ele.

Por isso, tome cuidado com as pessoas que convida para lhe acompanhar nesse momento e não se deixe influenciar.

Com essas dicas, ficou mais fácil alugar o vestido perfeito para qualquer ocasião? Se você ainda tem dúvidas, deixe um comentário pra gente!

casamento no inverno

Casamento no inverno: 5 dicas importantes!

Cada vez mais os noivos têm optado pelo casamento no inverno, seja pelos aluguéis mais baratos ou ainda pelo clima ameno, propício para decorações incríveis e fotos lindíssimas.

Se você optou por se casar no inverno, veja as dicas importantes que separamos para tornar esse momento ainda mais inesquecível.

  1. Capriche na decoração

A decoração no inverno deve sempre ser pensada com mais carinho, assim como a escolha do local e o horário da cerimônia e da festa. Lembre-se que é essencial deixar o ambiente o mais aconchegante e quentinho possível.

Mas, mesmo com as temperaturas mais baixas, os casamentos ao ar livre não são totalmente dispensáveis nesse período. Se você sonha em se casar em meio à natureza, é preciso apenas pensar em possibilidades para aquecer os convidados, como aquecedores a gás e painéis revestidos com flores e tecidos.

  1. Escolha flores e mobiliários aconchegantes

O tema do casamento deve ser muito bem pensado para trazer uma sensação de aconchego maior. Use tecidos com texturas mais grossas, como o couro, o veludo e a camurça e inclua alguns elementos extras, como tapetes e cortinas.

As cores também devem estar de acordo com essa estação, sendo uma ótima dica combinar os tons pastéis com outros tons mais fechados, como o vermelho queimado, o cereja ou o carmim.

As flores da estação também precisam estar presentes, como: copo-de-leite, boca-de-leão, flores de cerejeira, astromélias, rosas, orquídeas chuva de ouro ou cymbidium, mosquitinho e flor de ervilha.

  1. Pense com cuidado no que servir

Se as temperaturas diminuem, a fome aumenta e por isso o seu cardápio deve garantir que todos os convidados sintam-se bem e aquecidos. Antes de decidir pelo menu, contudo, pense no local da festa e no que poderá deixar o convidado o mais confortável possível, afinal, se os convidados sentirem muito frio, eles podem ir embora antes do final da festa.

Para evitar essa situação chata, opte por um cardápio mais calórico, com aves, carnes e sopas, claro que tudo sempre muito bem aquecido. Acompanhe com bebidas típicas da época, como o vinho tinto.

  1. Traje para as madrinhas e convidados

Uma das dúvidas mais comuns do casamento no inverno é sempre a questão da roupa. Para não errar, considere tecidos com texturas mais invernais, como o tafetá, e também em cores mais fechadas ou neutras.

Mas é claro que tudo depende do horário e do local da festa que poderão definir se o seu traje terá ou não alças grossas, decote mais ou menos ousado, mangas, brilhos e outros detalhes.

Para as mulheres, os acessórios são sempre ótimas saídas para se proteger do frio, como as pashmiras, os boleros, as echarpes e outras. Complete o visual com meia-calça (que sempre deve ser fina) e sapato fechado.

  1. Vestido da noiva também deve seguir tendência invernal

A noiva precisa ter uma atenção dupla nesse tipo de casamento: optando por um vestido que valorize o seu corpo e que a deixe confortável e aquecida. Mas, isso não precisa significar que você deverá usar um vestido com mangas pesadas e bufantes se esse não for o seu estilo.

Você poderá pensar em vestidos com tecidos um pouco mais densos, como a zibeline, e até com mangas compridas que ajudam a barrar o frio.

Gostou das nossas dicas de casamento no inverno? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

acessorios de cabeca para noiva

Acessórios de cabeça para noivas: como escolher o adequado?

Toda mulher sabe a importância dos acessórios em uma produção – e para quem vai se casar, eles são ainda mais essenciais. Uma das principais dúvidas é sobre a escolha dos acessórios de cabeça para noivas, já que são várias as opções e é preciso que eles tenham harmonia com o restante do look.

Se você vai se casar em breve, confira as dicas importantes que separamos e que podem deixá-la ainda mais incrível para o seu grande dia!

  • Tiaras

As tiaras de noiva estão em alta e podem combinar muito bem com o véu, o voilette e outras opções. Na recepção, por exemplo, você poderá retirar o véu e ainda assim continuar bem arrumada e elegante com a tiara.

Mas, para que esse acessório não fique exagerado – ou até mesmo coloque a sua produção em risco, é preciso que o modelo escolhido esteja em sintonia com o seu vestido e também com o formato do seu rosto.

Se você tem o rosto redondo, opte por uma tiara que tenha um pouco de altura e seja capaz de alongar a sua face. Já se você tem o rosto longo, o melhor é escolher por tiaras com pouca ou nenhuma altura.

Para as noivas de rosto oval, o indicado é evitar os modelos de tiara com pico no topo, sendo as mais recomendadas as estilo pente. As mulheres de rosto redondo devem usar uma tiara que tenha um ponto no topo.

  • Coroas

São um pouco semelhantes às tiaras, mas possuem um ar mais imponente e estão diretamente ligadas a figuras de poder, como rainhas e princesas.

Elas podem aparecer em diversos tamanhos, largas ou estreitas, e, depois de ficarem alguns anos esquecidas, voltaram com força total para a cabeça das noivas mais antenadas no mundo da moda.

Para escolher a melhor coroa, é preciso pensar no estilo do seu vestido (que deve combinar com essa pegada mais romântica e não “pesar” o look) e também com o seu penteado.

As noivas com rosto alongado e queixo quadrado devem usar as coroas mais próximas da testa, adotando um estilo mais romântico, já as mulheres de rosto arredondado podem associá-la a um penteado alto, como o coque ou o moicano.

Além disso, lembre-se que as coroas costumam combinar mais com cerimônias e vestidos tradicionais.

  • Headbands

Estão em alta e são opções mais leves e despojadas – ideais para quem pretende se casar ao ar livre ou irá realizar um casamento mais intimista, por exemplo.

Para um casamento no campo ou na praia, que faça o estilo boho-chic, é possível investir em uma headband delicada, sendo a melhor opção para as noivas que não querem usar o véu.

As headbands surgiram inspiradas pelas coroas de flores que os gregos usavam ao redor da cabeça, por isso são adereços com movimento e mais delicados.

Inclusive, é esse movimento que permite que o adereço seja posicionado de várias formas na cabeça, como um porta-coque ou mais próximo da testa, dependendo do estilo do seu look. O importante é escolher um material que tenha relação com a produção que você está montando.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher entre os acessórios de cabeça para noivas? Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário pra gente!

dia da noiva

Dia da Noiva: o que é e como funciona?

Toda mulher que vai se casar muito possivelmente já tenha ouvido falar no Dia da Noiva, não é mesmo? Mas você sabe exatamente como esse serviço funciona? E, será que ele é recomendado para o seu caso?

Se você está se decidindo por contratar ou não um serviço de Dia da Noiva, veja as dicas e informações importantes que separamos e que podem lhe ajudar nesse momento!

O que é o Dia da Noiva?

O Dia da Noiva é um serviço oferecido por muitos salões de beleza e cerimoniais que visa produzir a mulher em todos os sentidos para que ela se transforme na noiva que será vista na recepção e no casamento.

Para isso, são oferecidos inúmeros tipos de pacotes, com variações nos tratamentos que podem até mesmo começar meses antes do grande dia – como pacotes de massagem, acompanhamento nutricional e muitos outros.

Alguns pacotes podem ser estendidos para as outras mulheres que participarão do casamento, como a mãe da noiva e do noivo, as madrinhas e as amigas da noiva.

Aliás, o Dia da Noiva se tornou tão procurado que até alguns Spas estão se especializando e oferecendo pacotes completos, com serviços para a noiva e o noivo e opções especiais para a lua de mel.

Como funciona o Dia da Noiva?

Já deu para notar que existe uma infinidade de pacotes e opções, para todos os gostos e bolsos, não é mesmo?

Alguns serviços podem buscar a noiva na sua casa e levá-la até o salão ou Spa, onde ela passará o dia recebendo todos os tipos de cuidado, como massagens relaxantes, banho de ofurô, esfoliação e hidratação corporal, manicure e pedicure, limpeza de pele, depilação, sobrancelhas, colocação de cílios postiços e muitos outros.

Para quem não deseja passar o dia fora, existem pacotes em que os profissionais se deslocam até a casa da noiva ou da mãe da noiva, por exemplo, para realizarem todos os tratamentos.

Além dos serviços de beleza, que visam deixar a noiva ainda mais bonita para o grande dia, os pacotes também buscam proporcionar um momento agradável e relaxante que pode ser aproveitado sozinha ou com as amigas.

Como escolher o melhor pacote de Dia da Noiva?

Como as opções estão cada vez mais amplas, nem sempre é fácil definir o que é mais ou menos adequado, não é mesmo? O mais importante é você analisar o seu orçamento, afinal o Dia da Noiva não deve comprometer a sua vida recém-iniciada.

Além disso, coloque na balança o que é mais importante para você e os tratamentos indispensáveis para o grande dia. É claro que todo mundo quer aproveitar uma sessão especial e relaxante de banho de ofurô, por exemplo, mas se o seu orçamento está apertado, talvez essa opção possa ser dispensada.

Também vale a pena conversar com a empresa que oferece o pacote, já que algumas vezes podem ser conseguidos descontos interessantes ao realizar no mesmo espaço o Dia do Noivo, por exemplo, ou maquiar e arrumar as madrinhas.

Com essas dicas, ficou mais fácil optar pelo melhor Dia da Noiva para você? Curta a nossa página no Facebook e receba sempre conteúdos bacanas como esse!

duvidas vestido de noiva

4 dúvidas sobre vestido de noiva – e as respostas dos especialistas!

Na hora de escolher o traje da noiva é comum surgirem inúmeras dúvidas. O vestido pode combinar com a decoração? É preciso ter cauda? Como escolher o vestido para casamentos de dia? Qual o modelo certo para o meu corpo? E muitas outras.

Por isso, hoje, nós separamos as principais dúvidas sobre vestido de noiva com as respostas dos especialistas que vão lhe ajudar a acertar na escolha do modelo. Confira!

  • O vestido de noiva precisa combinar com a decoração?

Não é preciso que seu vestido seja exatamente semelhante a sua decoração – na verdade, isso não é nem bacana. Mas é interessante que haja uma sintonia e que tudo esteja integrado, ajudando a passar uma mensagem aos seus convidados e a contar a história do casal.

É possível utilizar algumas cores semelhantes ou até mesmo seguir um estilo. Por exemplo, se você decidiu fazer um casamento vintage (aquele com uma pegada mais retro e que se baseia na moda de outras décadas) pode não ser bacana investir em um vestido muito moderno e que foge desse conceito, não é mesmo?

  • Com quanto tempo de antecedência devo começar a procurar meu vestido?

O ideal é, assim que você marcar o casamento, já começar a pesquisar modelos de vestidos e inspirações. Afinal, o vestido de noiva é considerado a “cereja do bolo” e precisa combinar com o seu estilo, sua personalidade e ainda valorizar a sua beleza natural.

Lembre-se que essa antecedência é essencial porque você não terá apenas que escolher o vestido, mas também os acessórios, o buquê e os sapatos.

  • Vestido de noiva tem que ter cauda?

Houve um tempo em que vestido de noiva era sinônimo de uma cauda longa e pesada arrastando pela igreja. Hoje, não existe essa necessidade e tudo dependerá do seu desejo e do estilo da sua cerimônia.

Obviamente se você estiver planejando um casamento diurno e ao ar livre (como na praia) um vestido com uma cauda enorme pode ser desajeitado e ficar totalmente fora do esperado para a cerimônia.

Para não se sentir dissociada do vestido é essencial considerar o seu estilo. Se você é uma noiva mais tradicional e que adora peças clássicas, os modelos de vestido estilo princesa e com cauda podem ser ótimas escolhas.

Já as noivas modernas e despojadas podem dispensar o uso da cauda e optar por modelos mais “sequinhos”, mas igualmente elegantes e bonitos.

  • O vestido de noiva precisa estar de acordo com meu tipo físico?

Sim. É essencial que o modelo do vestido escolhido seja capaz de ressaltar os seus pontos fortes e disfarçar aqueles que você não gosta tanto. Lembre-se que esse é o seu dia especial e, além de sentir-se linda, é essencial que você esteja confiante. Por isso, um vestido que valorize suas qualidades é muito importante.

Se você tem dúvidas sobre os modelos certos para você, dê uma navegada no nosso blog, temos muito material que pode lhe ajudar nesse momento!

Gostou de saber sobre as principais dúvidas sobre vestido de noiva? Ainda tem alguma questão que não foi respondida? Deixe um comentário pra gente.

gafes em casamento

Gafes em casamento: quais as mais comuns e como evitá-las?

Ninguém está imune a elas, as gafes podem ocorrer em qualquer tipo de evento, mas nem por isso são menos desagradáveis. Para evitar as gafes em casamento, é importante considerar algumas regrinhas básicas de etiqueta e, assim, não se tornar aquele convidado (ou noivo) desagradável.

Quer saber quais são as principais gafes em casamento e como evitá-las? Confira!

Gafes em casamento cometidas pelos noivos

Engana-se quem pensa que só os convidados estão sujeitos às gafes. Os noivos também podem acabar dando algumas “bolas foras” e por isso é essencial estar atento e evitar desagradar algum convidado querido. Confira as principais:

Convite por e-mail: a etiqueta sempre indica que os convites devem ser entregues pessoalmente para todos os convidados. No caso daqueles que moram longe, vale a pena contratar um motoboy ou enviá-lo pelo correio com antecedência suficiente.

Pedir dinheiro quando os noivos já moram juntos: pedir aos convidados dinheiro para a lua de mel, viagens ou decorações na casa já é bastante desagradável, uma vez que presente não se pede e cada um colabora com o que pode, mas no caso dos noivos que já moram juntos isso é ainda pior, pois se subentende que o casal já possui estrutura financeira para manterem a vida a dois.

Indicar apenas presentes caros na lista: novamente a mesma regra de evitar pedir presentes, ainda mais os de valores exorbitantes, o que passa a impressão de que os noivos apenas estão querendo se aproveitar dos convidados. É essencial ter opções para todos os bolsos.

Atraso da noiva: o atraso é sempre uma gafe – e por isso, atualmente, muitos padres estão “encurtando” a cerimônia quando a noiva se atrasa muito. Mas, pior que se atrasar é colocar no convite que a cerimônia começa 15 minutos antes, dando a entender que todos os seus convidados são mal-educados.

Pedir um presente específico para os padrinhos: a situação é muito constrangedora, já que você não pode saber exatamente qual é a condição financeira dos seus padrinhos. O ideal é que os padrinhos perguntem se os noivos já ganharam determinado presente, sempre colocando o valor que podem contribuir.

Gravata e sapato da noiva: embora a “brincadeira” seja bastante comum, ela não deixa de ser desagradável, afinal a maioria dos convidados já contribuiu com o presente e pode estar desprevenido durante a festa.

Gafes em casamento cometidas pelos convidados

Levar pessoas que não foram convidadas: o bufê cobra um valor determinado por pessoa e levar outros que não foram convidados é um desrespeito com quem está organizando a festa – e que lhe convidou. Se o convite estipula apenas o nome de alguns membros da família, somente eles estão convidados. Quando ele é estendido a outros membros, o convite virá em nome da família.

Usar um traje inadequado: é sempre importante ficar atento ao que estipula o convite, mas se ele não definir o traje, use o bom senso. Para homens, o terno é sempre recomendado, e no caso das mulheres é essencial evitar vestidos com decotes exagerados, demasiadamente curtos ou nas cores da noiva. Aliás, o vestido branco ou perolado é sempre da noiva, nem convidadas, nem madrinha devem usá-lo.

Não ir à igreja, apenas à festa: nada justifica o fato de apenas aparecer para a festa, desconsiderando a cerimônia. Mas, se você tiver um compromisso inadiável no horário da cerimônia, pergunte antecipadamente se os noivos se incomodam que você vá apenas à festa.

Com essas dicas, ficou mais fácil evitar as gafes em casamento? Se você gostou desse conteúdo, compartilhe-o com seus amigos em suas redes sociais!

 

escolher o buque de noiva

Como escolher o buquê de noiva?

O traje da noiva não é feito apenas do vestido. É preciso escolher os acessórios, os brincos, o véu e claro escolher o buquê de noiva. Se você está nessa fase, já deve ter notado que existem inúmeras opções e que nem sempre definir o modelo certo pode ser assim tão simples, não é mesmo?

Então, continue a leitura e confira as dicas bacanas que separamos!

  • Altura da noiva

Antes de pensar nas flores, é preciso considerar o tamanho certo do buquê, e para isso é fundamental prestar atenção à altura da noiva. Para mulheres mais baixinhas, o recomendado é optar por uma composição com flores menores e ramos redondos.

Já as noivas mais altas, podem investir em buquês de flores grandes e ramos longos. Se você está na dúvida, faça o teste apenas segurando o buquê (mesmo sem o vestido) e veja se o acessório não está excessivo para a sua altura.

  • Buquê e decoração

Muitas noivas imaginam que é necessário que as flores do buquê e da decoração sejam as mesmas, e isso não é verdade.

O ideal é que o buquê seja pensado como um acessório do traje, que ajude a destacar o vestido e complementar seu look – justamente por isso não é legal usar as mesmas flores da decoração.

  • As cores das flores

É importante que a cor escolhida para o buquê esteja em sintonia com a sua maquiagem, principalmente com o seu batom. Outro ponto importante a ser considerado é o tom de pele da noiva, já que o buquê deverá ajudar a destaca-lo.

Para noivas morenas, é mais indicado o uso de buquê de cores vivas, como por exemplo, o amarelo, já as noivas loiras e de pele mais clara ficam ótimas com os tons pastel, branco ou ainda os mais fortes, como o vermelho. As ruivas         devem dar preferência às cores mais quentes, por exemplo, o laranja.

Uma dica muito importante é não optar por buquês muito chamativos – como os totalmente em vermelho – porque eles podem “roubar a cena” e chamar mais atenção do que você ou seu look.

  • O buquê e o vestido

O estilo do vestido também é uma informação importante na hora de escolher o buquê de noiva. Os modelos clássicos, com cauda e véu, por exemplo, pedem por um buquê mais requintado, como os estilos cascata.

Já os modelos com bordados e pedrarias precisam de um buquê mais simples, que não brigue pela atenção do traje e que ajude a valorizar os detalhes do vestido. No caso dos modelos mais simples de vestido, é legal investir em um buquê mais ousado e com cores mais fortes.

  • A flor do buquê

O mais recomendado é escolher as flores da época do seu casamento, isso porque elas são mais baratas e fáceis de encontrar. Se você for se casar no verão, poderá compor o seu buquê com algumas folhagens verdes, já para as cerimônias no inverno, flores mais juntas e um buquê mais compacto pode ser uma ideia mais interessante.

Para finalizar, não se esqueça de sempre fazer uma prova do buquê antes, assim você evita surpresas desagradáveis e se possível escolha por flores com pouco cheiro.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o buquê de noiva? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!