fbpx
casamento-durante-a-tarde

Casamento durante a tarde: o que vestir?

Casar-se com um lindo por do sol a emoldurar a cena romântica é um dos desejos de inúmeros noivos ao redor do país e por isso o casamento durante a tarde tem ganhado vários adeptos.

Para as convidadas, contudo, esse horário um pouco incomum para a cerimônia acaba gerando várias dúvidas sobre o que vestir. Se você foi convidada para um casamento durante a tarde e não consegue escolher o traje certo, confira as dicas importantes que separamos!

Como escolher o traje para o casamento durante a tarde?

Os casamentos à tarde e que sejam também ao ar livre combinam muito bem com modelos de vestidos estampados e coloridos, mas com preferência para os tons um pouco mais claros.

Em relação ao comprimento, é sempre importante verificar as exigências no convite, mas os modelos midi costumam ficar muito bem com o casamento nesse horário.

Se o casamento for acontecer em um local aberto, use cores mais alegres, como o amarelo e o laranja – só evite os modelos muito coloridos ou que sejam capazes de chamar mais atenção do que a noiva.

Para não errar, priorize os looks mais leves, com uma modelagem suave e mais solta e feita com tecidos suaves, como a georgette ou a musseline.

Se o casamento for mais requintado é possível apostar em um vestido com bordados, mas opte por aqueles com acabamento fosco que não pesam no look e nem chamam tanta atenção.

Um erro comum é escolher um traje muito informal. Lembre-se que, embora durante o dia, você ainda está se preparando para um casamento e por isso é bom evitar tecidos muito simples ou vestidos muito curtos.

Os acessórios ainda ajudam a compor a produção. Se o vestido escolhido não tem tanta informação, você pode ousar, já se o vestido for bordado ou rendado, por exemplo, opte por acessórios mais delicados.

Ideias do que vestir em um casamento durante a tarde

  • Opte por vestidos em tecidos leves e esvoaçantes, como crepe de seda, seda ou organza;
  • Os vestidos podem ser na altura do joelho e em tons suaves (tanto lisos, como estampados);
  • A maquiagem deve ser discreta;
  • Considere também o local do evento – um casamento na praia, por exemplo, pode exigir cuidados especiais com os sapatos e a escolha do tecido;
  • Se o casamento durante a tarde acontecer no inverno, não se esqueça de que as temperaturas podem diminuir rapidamente, por isso esteja preparada com uma pashmira, uma echarpe ou até mesmo um belo tailleur;
  • Os vestidos longos são permitidos, só tome cuidado para não escolher os modelos muito chamativos com bordados cheios de cristais e canutilhos, por exemplo;
  • Se você não quer um traje óbvio, invista no macacão com cortes chiques e ideais para as festas;
  • Independente do horário é importante que você sinta-se confortável com o traje escolhido. Na dúvida, opte sempre pelo modelo que lhe cai melhor e lembre-se que menos é mais.

Agora ficou mais fácil escolher o que vestir no casamento durante a tarde? Se você gostou desse conteúdo, assine a nossa newsletter e receba dicas valiosas como essa!

escolher vestido de formatura

Como escolher o vestido de formatura? 5 dicas essenciais!

Chegou o momento tão sonhado durante anos: a sua formatura. Mas, além de pegar o seu diploma, também é preciso saber como escolher o vestido de formatura.

Nessa hora, é comum muitas formandas terem dúvidas quanto ao comprimento, o estilo e o que considerar para esse traje tão especial. Se você está passando por esse momento, confira as dicas importantes que trouxemos.

  • Compreenda seu estilo

Para que um traje esteja adequado e ajude a valorizar a sua beleza é essencial que ele tenha sintonia com o seu estilo. Por isso, pense que tipo de roupa você gosta mais e como é a sua personalidade.

Se você faz mais a linha clássica, invista em longos lisos com drapeados, faixas ou broches de cristal e de tecidos nobres. Já se você adora ousar pode escolher um vestido de paetê ou com bordados mais chamativos e decotes um pouco mais ousados.

  • Pense na cor certa

Os tons de nude, metalizados e pasteis estão em alta, sendo destaque de inúmeros tapetes vermelhos ao redor do mundo e por isso costumam ser a escolha das formandas mais antenadas com a moda.

Porém, não considere apenas o que está na moda. Tente escolher uma cor que tenha relação com você e a sua personalidade, além de combinar com a cor dos seus olhos e fazer um contraste com seus cabelos.

Por exemplo, as mulheres negras e de pele morena podem investir em vestidos de cores claras, já as loiras costumam ficar melhor com cores escuras como azul marinho, vermelho e até o preto.

  • Considere as tendências

As referências atuais também ajudam a montar um look bacana e moderno. Os tecidos fluidos estão em alta e são boas opções para aquelas mulheres mais delicadas e femininas.

Outra opção em alta é o vestido de paetê que não exige muitos complementos e consegue dar destaque a formanda mais despojada. O tule bordado, o decote assimétrico e a modelagem sereia também são tendências.

  • Escolha o longo certo para o seu corpo

Geralmente, as mulheres altas costumam ficar melhor de vestidos longos, mas com alguns truques é possível encontrar o modelo certo para valorizar a sua beleza.

O decote em V, por exemplo, é um ótimo aliado das mulheres baixinhas, assim como os modelos com detalhes na parte superior que atraem a atenção para o rosto. Optar por modelos que cubram o sapato também ajuda a alongar.

As meninas altas podem investir em vestidos com cortes horizontais, assim como o decote tomara que caia que encurta o tronco. As mulheres com muito busto devem evitar esse decote, já que ele não garante uma boa sustentação.

  • Não se esqueça dos acessórios

Não adianta ter um vestido lindo e usá-lo com os acessórios errados, pois isso poderá comprometer a sua produção.

Os maxi brincos e maxi colares estão em alta, mas se for usá-los, diminua a quantidade dos demais acessórios e fique atenta ao excesso de brilho ou bordado no seu vestido.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o vestido de formatura? Curta a nossa página no Facebook e receba sempre dicas espertas como essas!

escolher o buque de noiva

Como escolher o buquê de noiva?

O traje da noiva não é feito apenas do vestido. É preciso escolher os acessórios, os brincos, o véu e claro escolher o buquê de noiva. Se você está nessa fase, já deve ter notado que existem inúmeras opções e que nem sempre definir o modelo certo pode ser assim tão simples, não é mesmo?

Então, continue a leitura e confira as dicas bacanas que separamos!

  • Altura da noiva

Antes de pensar nas flores, é preciso considerar o tamanho certo do buquê, e para isso é fundamental prestar atenção à altura da noiva. Para mulheres mais baixinhas, o recomendado é optar por uma composição com flores menores e ramos redondos.

Já as noivas mais altas, podem investir em buquês de flores grandes e ramos longos. Se você está na dúvida, faça o teste apenas segurando o buquê (mesmo sem o vestido) e veja se o acessório não está excessivo para a sua altura.

  • Buquê e decoração

Muitas noivas imaginam que é necessário que as flores do buquê e da decoração sejam as mesmas, e isso não é verdade.

O ideal é que o buquê seja pensado como um acessório do traje, que ajude a destacar o vestido e complementar seu look – justamente por isso não é legal usar as mesmas flores da decoração.

  • As cores das flores

É importante que a cor escolhida para o buquê esteja em sintonia com a sua maquiagem, principalmente com o seu batom. Outro ponto importante a ser considerado é o tom de pele da noiva, já que o buquê deverá ajudar a destaca-lo.

Para noivas morenas, é mais indicado o uso de buquê de cores vivas, como por exemplo, o amarelo, já as noivas loiras e de pele mais clara ficam ótimas com os tons pastel, branco ou ainda os mais fortes, como o vermelho. As ruivas         devem dar preferência às cores mais quentes, por exemplo, o laranja.

Uma dica muito importante é não optar por buquês muito chamativos – como os totalmente em vermelho – porque eles podem “roubar a cena” e chamar mais atenção do que você ou seu look.

  • O buquê e o vestido

O estilo do vestido também é uma informação importante na hora de escolher o buquê de noiva. Os modelos clássicos, com cauda e véu, por exemplo, pedem por um buquê mais requintado, como os estilos cascata.

Já os modelos com bordados e pedrarias precisam de um buquê mais simples, que não brigue pela atenção do traje e que ajude a valorizar os detalhes do vestido. No caso dos modelos mais simples de vestido, é legal investir em um buquê mais ousado e com cores mais fortes.

  • A flor do buquê

O mais recomendado é escolher as flores da época do seu casamento, isso porque elas são mais baratas e fáceis de encontrar. Se você for se casar no verão, poderá compor o seu buquê com algumas folhagens verdes, já para as cerimônias no inverno, flores mais juntas e um buquê mais compacto pode ser uma ideia mais interessante.

Para finalizar, não se esqueça de sempre fazer uma prova do buquê antes, assim você evita surpresas desagradáveis e se possível escolha por flores com pouco cheiro.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o buquê de noiva? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

 

vestido de noiva nao convencional

Vestido de noiva não convencional: como escolher?

Se você não faz o tipo de noiva convencional, que sonha em se casar com vestidos volumosos e com véus enormes, pode ser um pouco difícil encontrar o traje certo que ajude a transmitir a sua personalidade, não é mesmo?

Como essa é uma dúvida de muitas mulheres, nós montamos esse post com dicas e ideias de vestido de noiva não convencional, que vão tornar a sua busca pelo modelo ideal bem mais simples. Confira!

Vestido de noiva não convencional: 4 dicas para sair do típico

  1. Invista em cores diferentes

Se você não é uma noiva convencional, evite os vestidos brancos tradicionais. Além dos vestidos com cores intensas, você poderá também encontrar modelos com tons mais neutros, mas que ajudam a sair do esperado.

Os tons de nude, de champanhe e também de cores frias (como o lilás, o cinza e o azul) são super modernos e ajudam a trazer uma pegada mais diferenciada ao seu traje.

Outra possibilidade é investir em um vestido estampado – que costuma ficar lindíssimo nas cerimônias ao ar livre, como no campo ou na praia, além de trazer um frescor diferenciado a sua produção.

  1. Pense em outros comprimentos

Mais tradicional do que o vestido de noiva comprido não há. Por isso, quem deseja sair do convencional pode optar por modelos de outros comprimentos como o midi ou até mesmo o curto.

Eles também são elegantes e podem ser encontrados em uma variedade de materiais, pedrarias e cortes, além de não deixarem de ser românticos e sensuais.

Os modelos curtos, inclusive, são ótimas pedidas para os casamentos no verão e ao ar livre, ou ainda para àquelas cerimônias mais intimistas. Nesse caso, não se esqueça de caprichar na escolha do sapato, já que ele ficará a mostra.

  1. Saia e blusa

E se, ao invés de um vestido, você usasse uma combinação de saia e blusa? Pois essa é uma tendência que tem feito a cabeça de muitas noivas nada convencionais.

Você pode investir na moda dos top cropped – que são uma espécie de “mini-blusa” deixando um pouquinho de pele a mostra, junto de uma saia mais rodada, por exemplo.

Outra opção são os tailleurs, principalmente para aquelas noivas que apenas irão se casar no civil e não desejam perder a elegância.

  1. Invista em acessórios modernos

Nem só de vestido é feita uma noiva, não é mesmo? Os acessórios ajudam a compor o visual – e se a sua intenção é criar um look diferenciado é importante que os acessórios sigam essa mesma tendência.

As produções mais despojadas podem vir acompanhadas de fascinators, que são aqueles acessórios de cabeça que se assemelham a uma tiara, ou até mesmo do voilette, que é o véu menor, cobrindo apenas o rosto.

Os sapatos também podem ser coloridos e despojados, ajudando a passar a identidade da noiva.

Com essas dicas, ficou mais fácil pensar no modelo do seu vestido de noiva não convencional? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

festa-de-15-anos

Festa de 15 anos: por onde começar a sua?

Finalmente chegou o seu momento de realizar a festa de 15 anos? Então comece a se preparar, já que a organização desse tipo de evento demanda bastante tempo e antecedência para que tudo fique perfeito no grande dia.

Se você está um pouco perdida e não sabe como organizar a sua festa de 15 anos, veja essas dicas importantes que separamos e que vão lhe ajudar a dar inicio a essa tarefa. Confira!

  1. O orçamento da festa de 15 anos

Antes de tudo é fundamental que você saiba quanto poderá gastar na sua festa de 15 anos. Afinal, é a partir desse valor que você poderá pensar em qual local alugar, buffet contratar e até qual vestido alugar.

Por isso, converse francamente com seus pais ou responsáveis e defina quanto será investido na festa. Lembre-se que esse valor deverá ser suficiente para cobrir todas as despesas, por isso é necessário planejamento, evitando gastar demais em um só item e ficar sem dinheiro para os outros.

  1. Defina a data da sua festa de 15 anos

Claro que a data terá relação com o seu aniversário, mas e se ele cair durante a semana? Ou se for muito próximo a algum evento na sua cidade ou um feriado prolongado? Ou, pior ainda, e se o local que você deseja alugar já estiver reservado nessa data?

Por essas questões, pode ser normal que a sua festa aconteça em finais de semana próximos ao seu aniversário. Antes de definir qualquer data, contudo, tente pensar se ela é fácil para todos os seus convidados – assim você garantirá que todo mundo poderá participar do seu evento.

  1. Faça a lista de convidados

Definir o número de pessoas é muito importante em qualquer tipo de organização de eventos, pois é a partir dessa informação que você irá definir o buffet, o espaço e vários outros itens essenciais.

A lista de convidados precisa estar de acordo com o seu orçamento. Por isso, se você tiver com os recursos “apertados”, tente não se empolgar muito e opte por uma festa menor e mais intimista, com quem realmente é importante para você.

  1. O estilo e o tema da sua festa de 15 anos

Atualmente está muito em uso a definição de um tema para as festas de 15 anos, que será responsável por guiar toda a decoração, as roupas dos convidados e da debutante e até o que será servido ou as músicas que serão tocadas, por exemplo.

Escolher o tema não precisa ser uma tarefa árdua. Pense em algo que faça sentido para você, e não apenas que esteja na moda. Como um filme que você gosta muito, um estilo de música, cores, um estilo de vida, um local no mundo ou outras ideias que se relacionem com a sua personalidade.

Quanto mais próximo da sua personalidade for o tema, mais agradável será esse momento para você e maior identidade você terá com a sua festa de 15 anos.

  1. Decida o local da festa de 15 anos

Com as informações de quanto poderá gastar, de quantas pessoas irá convidar e de qual o estilo decorativo você irá seguir, ficará mais fácil definir o espaço da festa.

Lembre-se de buscar por opções que sejam fáceis de seus convidados chegarem, que possua banheiros suficientes, acessibilidade, segurança e que permita que todos fiquem confortáveis.

  1. Cabelo, maquiagem e roupas

O vestido da festa de 15 anos é algo extremamente importante e deve ter relação com o tema que você está planejando. Também é essencial definir quantas trocas de roupa você irá fazer – já que muitas debutantes optam por usar 2 vestidos diferentes.

Aproveite para definir o cabelo e a maquiagem, que devem estar de acordo com o vestido escolhido. Muitas debutantes também optam por definir o vestido das 15 meninas que irão dançar a valsa.

Para não ter desentendimentos é sempre importante conversar com elas antecipadamente e ouvir delas quais modelos elas gostam mais e com quais não se sentem muito confortáveis, afinal é bacana que todos aproveitem esse momento com você.

Com essas dicas, ficou mais fácil começar a organizar a sua festa de 15 anos? Se ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

vestidos para valsa

Vestidos para valsa de 15 anos: como definir?

Definir os vestidos para valsa é um dos momentos que mais demandam atenção nas festas de 15 anos, já que é importante ter bastante tato e bom senso para agradar todas as meninas que irão dançar a valsa – e também fazer com que os trajes estejam de acordo com o tema escolhido.

Justamente por isso, esse momento costuma causar muita apreensão e dúvidas. Confira as dicas que trouxemos e que podem lhe ajudar!

Vestidos para valsa e o estilo da sua festa

Antes de pensar em qualquer modelo, é essencial definir qual será o estilo e o tema da sua festa – afinal são eles que irão nortear não apenas a escolha dos vestidos para valsa das suas amigas, mas também o seu.

Se você está fazendo uma festa mais tradicional, os modelos tomara que caia, longos e com saias rodadas costumam fazer sucesso, podendo todas as meninas usarem a mesma cor e modelo de vestido.

Já para aquelas mais descontraídas, os modelos curtos podem ficar muito bacanas, com cores diferenciadas e que ajudam a trazer um pouco da personalidade de cada uma das suas amigas.

É muito importante que o modelo escolhido esteja bem relacionado com o seu tema e o seu estilo, afinal os trajes também são parte importantes da caracterização de toda a festa.

Quem escolhe os vestidos para valsa?

Essa é uma dúvida muito comum e não existe uma resposta certa para ela, tudo irá depender do estilo da sua festa e do quanto você consegue “negociar” com as suas amigas.

Nas festas mais tradicionais, geralmente a debutante é quem define o modelo e a cor dos vestidos para a valsa, e pode indicar o espaço onde elas devem alugar.

Mas, isso dependerá de uma conversa franca com as meninas que irão dançar a valsa, já que algumas podem se sentir desconfortáveis com o modelo que você escolher.

Todas precisam usar o mesmo vestido?

Nas festas mais tradicionais é comum que todas as meninas usem o mesmo modelo e a mesma cor de vestido, mas isso não é uma regra.

Nas festas mais modernas, é possível variar as cores ou os modelos dos vestidos. O ideal, contudo, é que exista alguma relação entre eles, o que dá uma ideia de unidade.

Por exemplo, se todas as meninas forem usar vestidos da mesma cor, é possível que os modelos sejam diferentes (desde que todos os comprimentos sejam iguais), já vestidos de modelos idênticos podem ter cores diferentes (como um degrade de azul, por exemplo, ou todas com cores pastéis).

Como você pode notar existem muitas ideias de vestidos para valsa, o importante é sempre optar por aqueles que se relacionem a sua personalidade e também ao estilo e ao tema da sua festa.

E, claro, sempre converse com as suas amigas antes de ter ideias ousadas ou diferentes, já que nem todas podem se sentir confortáveis com alguns modelos, cores ou outras ideias que você tenha.

Gostou das nossas dicas de vestidos para a valsa de 15 anos? Ainda ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário pra gente.

traje das convidadas

Traje das convidadas: guia de etiqueta sobre o que vestir nos casamentos!

Quem nunca ficou em dúvida sobre o que vestir ao ser convidada para um casamento? Infelizmente, nem todas as pessoas seguem o que orienta o convite e podem acabar “errando a mão” na hora de criar os seus looks, ficando deselegantes e até quebrando a etiqueta.

Para evitar essas situações constrangedoras, nós montamos um guia de etiqueta para o traje das convidadas – ajudando você a escolher os melhores looks e estar bem vestida em todos os casamentos.

Traje das convidadas e a especificação do convite

O mais comum é que o traje das convidadas venha especificado no convite, por isso fique atento a essa informação indispensável. Veja os trajes mais comuns:

  • Traje esporte

É o mais usado para os casamentos diurnos e ao ar livre, já que são menos formais e permitem aproveitar melhor o ambiente.

Podem ser usados vestidos mais leves, estampados e com comprimentos diferenciados (com destaque para o midi e o longuete). Também é possível apostar nas calças lisas ou estampadas, terninhos e saias.

Evite usar muito brilho, bijuterias, joias e outros acessórios excessivos – principalmente para os casamentos diurnos.

  • Traje Esporte Fino

Também é uma opção mais leve e descontraída, por isso cuidado com os exageros.

Se o casamento para o qual foi convidada irá até, por volta, das 18 horas, é possível usar outras opções além do vestido, como o tailleur, as pantalonas e as túnicas.

Já para os casamentos noturnos, o mais indicado é o uso de vestidos, com preferência para os modelos que vão até o joelho (longuete) e de tecidos mais nobres. Os brilhos podem ser usados, mas sempre com moderação.

  • Passeio completo ou social

Os vestidos longos e os tailleurs são a bola da vez nesse tipo de casamento, podendo aparecer com mais destaque os decotes, as fendas e as transparências – mas, claro, sem exageros.

Os tecidos devem ser, obrigatoriamente, nobres e as joias começam a ganhar destaque. Cabelos e maquiagem também devem ser mais trabalhados. Em geral, esse estilo é mais usado para casamentos noturnos e mais formais.

  • Gala, Black Tie ou a rigor

São os trajes mais formais de todos e ideais para casamentos tradicionais e glamorosos, à noite e em espaços nobres.

Por isso, invista em vestidos longos, de preferência com a bainha abaixo do tornozelo, e com decotes, transparências e brilhos mais acentuados. Os saltos devem ser sempre altos, as meias calças são obrigatórias e é possível usar joias, estolas e echarpes com muito glamour.

Os cabelos podem ser usados soltos, mas o recomendado é que sejam trabalhados em penteados e a maquiagem é fundamental. Mas, atenção, o longo somente pode ser usado após as 20h00, sendo os longuetes mais indicados para casamentos diurnos.

E, claro, independente do que diz o convite, as convidadas nunca devem usar as cores brancas, pérola ou marfim que são exclusivas da noiva, a não ser caso esse traje seja solicitado no convite.

Gostou dessas dicas de etiqueta para o traje das convidadas? Compartilhe em suas redes sociais e ajude as suas amigas a estarem sempre bem vestidas em qualquer casamento!