fbpx
vestido-de-festa-para-a-tarde

Vestido de festa para a tarde: como escolher o certo?

Cada vez mais, as cerimônias e festas de casamento estão saindo do horário tradicional noturno e passando a acontecer pela manhã ou à tarde. Apesar de essa mudança, muitas vezes, significar economia para os noivos, as convidadas podem sofrer na hora de escolher o vestido de festa para a tarde.

Se você foi convidada para uma cerimônia nesse horário e não sabe o que vestir, não se desespere. Nós trouxemos informações importantes e que podem lhe ajudar. Confira!

Como escolher o vestido de festa para a tarde?

Aposte em modelos leves

Os casamentos no fim da tarde pedem por modelos mais leves, sobretudo durante a primavera e o verão, com mais cor e até estampas.

O uso do brilho não é proibido, mas é preciso cuidado e “moderação” para que a escolha esteja coerente com o horário. A dica é usar o brilho apenas em alguns detalhes do vestido, evitando modelos muito carregados.

Pense nos médios e curtos

A menos que o convite expresse a obrigatoriedade do longo, os eventos durante a tarde permitem que você “relaxe” um pouco mais e abuse dos modelos médios e curtos.

Mas, claro, sempre tenha bom senso e evite aqueles exageradamente curtos e comprometedores.

Geralmente, os modelos midi ou logo acima do joelho são os mais indicados, em tons alegres e descontraídos, como os tons pasteis ou até as estampas florais.

Caso o longo seja obrigatório (como no caso das madrinhas) a dica é optar pelos vestidos estampados – como os vestidos florais pequenos em fundo claros.

Cuidado com os tecidos

Os tecidos muito pesados devem ser evitados, como o cetim ou o shantung. Prefira os mais leves e que tenham movimento, como o georgette (que pode ser liso ou estampado), o linho, o algodão, a microfibra e até o jérsei.

A renda também é uma ótima opção, já que é leve e romântica na medida certa.

Acessórios, sapatos e meia-calça

Embora o casamento durante a tarde seja mais leve, evite os sapatos muito informais, como os de salto de madeira, corda e cortiça. Se você for usar um vestido mais neutro, pode investir em um sapato mais colorido, com brilho ou até metalizado.

As meia-calças estão permitidas, desde que você dê preferência àquelas mais lisas e finas.

Não se esqueça de abusar dos acessórios que ajudam a compor a produção para esse horário do dia.

Gostou das nossas dicas para escolher o vestido de festa para a tarde? Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário pra gente.

casamento-durante-a-tarde

Casamento durante a tarde: o que vestir?

Casar-se com um lindo por do sol a emoldurar a cena romântica é um dos desejos de inúmeros noivos ao redor do país e por isso o casamento durante a tarde tem ganhado vários adeptos.

Para as convidadas, contudo, esse horário um pouco incomum para a cerimônia acaba gerando várias dúvidas sobre o que vestir. Se você foi convidada para um casamento durante a tarde e não consegue escolher o traje certo, confira as dicas importantes que separamos!

Como escolher o traje para o casamento durante a tarde?

Os casamentos à tarde e que sejam também ao ar livre combinam muito bem com modelos de vestidos estampados e coloridos, mas com preferência para os tons um pouco mais claros.

Em relação ao comprimento, é sempre importante verificar as exigências no convite, mas os modelos midi costumam ficar muito bem com o casamento nesse horário.

Se o casamento for acontecer em um local aberto, use cores mais alegres, como o amarelo e o laranja – só evite os modelos muito coloridos ou que sejam capazes de chamar mais atenção do que a noiva.

Para não errar, priorize os looks mais leves, com uma modelagem suave e mais solta e feita com tecidos suaves, como a georgette ou a musseline.

Se o casamento for mais requintado é possível apostar em um vestido com bordados, mas opte por aqueles com acabamento fosco que não pesam no look e nem chamam tanta atenção.

Um erro comum é escolher um traje muito informal. Lembre-se que, embora durante o dia, você ainda está se preparando para um casamento e por isso é bom evitar tecidos muito simples ou vestidos muito curtos.

Os acessórios ainda ajudam a compor a produção. Se o vestido escolhido não tem tanta informação, você pode ousar, já se o vestido for bordado ou rendado, por exemplo, opte por acessórios mais delicados.

Ideias do que vestir em um casamento durante a tarde

  • Opte por vestidos em tecidos leves e esvoaçantes, como crepe de seda, seda ou organza;
  • Os vestidos podem ser na altura do joelho e em tons suaves (tanto lisos, como estampados);
  • A maquiagem deve ser discreta;
  • Considere também o local do evento – um casamento na praia, por exemplo, pode exigir cuidados especiais com os sapatos e a escolha do tecido;
  • Se o casamento durante a tarde acontecer no inverno, não se esqueça de que as temperaturas podem diminuir rapidamente, por isso esteja preparada com uma pashmira, uma echarpe ou até mesmo um belo tailleur;
  • Os vestidos longos são permitidos, só tome cuidado para não escolher os modelos muito chamativos com bordados cheios de cristais e canutilhos, por exemplo;
  • Se você não quer um traje óbvio, invista no macacão com cortes chiques e ideais para as festas;
  • Independente do horário é importante que você sinta-se confortável com o traje escolhido. Na dúvida, opte sempre pelo modelo que lhe cai melhor e lembre-se que menos é mais.

Agora ficou mais fácil escolher o que vestir no casamento durante a tarde? Se você gostou desse conteúdo, assine a nossa newsletter e receba dicas valiosas como essa!

vestido de festa para senhoras

Vestido de festa para senhoras: como escolher?

Escolher a roupa certa para determinada ocasião é uma dúvida de inúmeras mulheres, mas uma das principais questões dos nossos leitores é a respeito da escolha do vestido de festa para senhoras.

Independente da idade, todas as mulheres querem estar bem vestidas, elegantes e sofisticadas, não é mesmo? Por isso, hoje separamos dicas importantes que vão lhe ajudar a encontrar o modelo certo. Confira!

Vestido de festa para senhoras entre 40 e 50 anos

As mulheres de 40 anos precisam começar a ter um pouco mais de atenção na escolha dos vestidos, mas isso não significa que você não possa ousar ou ainda optar por modelos um pouco mais chamativos.

Contudo, os modelos clássicos ou com a cintura marcada são os mais indicados, porque valorizam a silhueta e deixam o visual mais equilibrado. O vestido curto também é uma opção, sendo os comprimentos midi ou logo acima do joelho os mais indicados.

Se você quer chamar atenção, opte por um vestido de corte clássico, mas que tenha paetês e brilhos em uma cor sóbria, por exemplo, assim estará elegante, mas não passará despercebida.

Para as mulheres de 50 anos, os modelos discretos e elegantes são os mais indicados – de preferência que não exagerem no decote e nem nas transparências. Nos dias de inverno, uma dica bem bacana é usar o terninho por cima do vestido de festa.

Vestido de festa para senhoras entre 60 e 70 anos

Aos 60, uma ideia muito legal é apostar nas estampas para deixar o look mais alegre, principalmente para os eventos durante o dia ou pela manhã. Os curtos e médios também costumam ser bem indicados para qualquer ocasião.

Outra recomendação é investir nos vestidos mais soltinhos, que não marquem a cintura e o quadril, além de serem opções mais confortáveis, já que muitas mulheres podem começar a sentir a pele mais sensível nessa idade.

Para as mulheres com 70 anos, o indicado é investir no conforto e na praticidade – isso significa que, se você desejar, poderá começar a aposentar o salto alto e investir nas sapatilhas e sandálias, sem problemas.

Na hora de optar pelas cores, os tons mais fortes costumam ajudar a valorizar a pele e o cabelo (principalmente para aquelas que decidiram assumir os grisalhos).

Outras dicas para escolher o vestido de festa para senhoras

Invista em modelos com rendas

Os vestidos com rendas são opções muito interessantes porque ajudam a valorizar o modelo, sem chamar muita atenção, trazendo elegância e sofisticação na medida.

A renda pode aparecer em todo o vestido, como uma sobreposição com outros tecidos, ou apenas em alguns detalhes, como nas mangas, nas costas ou até no decote.

Além disso, para os eventos diurnos, a renda é a melhor escolha, sendo preferida ao invés dos vestidos bordados.

Modelos com manga também são bem-vindos

Uma das maiores preocupações das senhoras é com os braços à mostra, já que algumas se sentem incomodadas com os possíveis sinais da idade.

Se esse é o seu caso, invista em modelos com mangas, que são clássicos e possuem inúmeras opções para todos os tipos de eventos. O formato da manga dependerá do seu estilo e também das características do seu corpo.

E, por último, mas não menos importante, sempre se lembre de analisar o horário e as características do evento, seguindo o padrão orientado no convite.

Gostou das nossas dicas para escolher o vestido de festa para senhoras? Compartilhe esse conteúdo com seus amigos em suas redes sociais!

gafes das madrinhas

As 5 Gafes que as madrinhas de casamento devem evitar

Ser convidada como madrinha de casamento é uma honra e uma grande responsabilidade. Justamente por isso é essencial ficar de olho e evitar cometer gafes sérias que podem até mesmo comprometer o seu relacionamento com a noiva.

Foi pensando em lhe ajudar, que hoje nós listamos os piores erros das madrinhas de casamento que você deve evitar. Confira!

  1. Aceitar o pedido sem pensar

Como dissemos no início do texto, ser madrinha é uma honra e uma grande responsabilidade, por isso é importante pensar antes de aceitar o convite. Analise se você tem tempo disponível para auxiliar a noiva em todas as suas demandas, se o seu orçamento permite assumir esse compromisso no momento e, claro, se você tem vontade de ser madrinha da noiva.

É preferível dispensar um convite, alegando de maneira sincera os seus motivos, do que aceitá-lo apenas para agradar a noiva e depois acabar não ajudando ou até mesmo colocando o relacionamento de vocês em risco.

  1. Não escutar os desejos e orientações da noiva

Embora ser madrinha seja extremamente especial e honroso, é preciso sempre se lembrar que o casamento não é seu. Este é o dia especial da noiva e é ela quem deve ter a palavra final sobre todas as decisões que envolvem o casamento.

Todos os detalhes devem sempre ser pensados considerando a personalidade e os desejos da noiva. Um exemplo de erro muito comum nesse sentido é organizar uma despedida de solteira que em nada se relaciona aos desejos ou a personalidade da noiva, deixando-a desconfortável e evitando que esse momento lhe traga boas lembranças.

  1. Querer ter o papel principal

Muitas madrinhas querem brilhar mais do que a noiva e acabam tornando todo o processo de organização de um casamento bastante desgastante. Lembre-se que ser madrinha é uma verdadeira demonstração de altruísmo, pois você estará disponibilizando o seu tempo e a sua dedicação para ajudar a organizar o momento mais especial da vida da sua amiga.

Por isso, evite “fazer dramas e chiliques” para chamar a atenção, como criar picuinhas com outras madrinhas, dar pitaco excessivo nos vestidos escolhidos (inclusive da noiva) e outras situações desagradáveis.

  1. Não cumprir seus compromissos

Se você aceitou o convite para ser madrinha, então precisa dar conta do “recado”. Esquecer-se de datas importantes, reuniões, contatos e outros detalhes importantes na organização é bastante complicado e pode levar a uma situação extremamente desagradável com os noivos.

Se você não pode fazer algo, não tem problema, mas é importante avisar com antecedência e lembrar-se da importância desses compromissos.

  1. Querer ser o centro das atenções no dia do casamento

Não tente roubar a atenção da noiva nem durante a organização, e muito menos no dia da celebração. Evite usar um traje escandaloso ou muito chamativo, de tons exagerados ou em cores que devem ser sempre evitadas, como o preto ou os tons de branco.

Por isso, relaxe e aproveite esse momento feliz ao lado das pessoas especiais para você e, claro, alegre-se com a realização do casal.

Depois dessas dicas, já está preparada para evitar os piores erros das madrinhas? Se você gostou desse conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais!

escolher vestido de formatura

Como escolher o vestido de formatura? 5 dicas essenciais!

Chegou o momento tão sonhado durante anos: a sua formatura. Mas, além de pegar o seu diploma, também é preciso saber como escolher o vestido de formatura.

Nessa hora, é comum muitas formandas terem dúvidas quanto ao comprimento, o estilo e o que considerar para esse traje tão especial. Se você está passando por esse momento, confira as dicas importantes que trouxemos.

  • Compreenda seu estilo

Para que um traje esteja adequado e ajude a valorizar a sua beleza é essencial que ele tenha sintonia com o seu estilo. Por isso, pense que tipo de roupa você gosta mais e como é a sua personalidade.

Se você faz mais a linha clássica, invista em longos lisos com drapeados, faixas ou broches de cristal e de tecidos nobres. Já se você adora ousar pode escolher um vestido de paetê ou com bordados mais chamativos e decotes um pouco mais ousados.

  • Pense na cor certa

Os tons de nude, metalizados e pasteis estão em alta, sendo destaque de inúmeros tapetes vermelhos ao redor do mundo e por isso costumam ser a escolha das formandas mais antenadas com a moda.

Porém, não considere apenas o que está na moda. Tente escolher uma cor que tenha relação com você e a sua personalidade, além de combinar com a cor dos seus olhos e fazer um contraste com seus cabelos.

Por exemplo, as mulheres negras e de pele morena podem investir em vestidos de cores claras, já as loiras costumam ficar melhor com cores escuras como azul marinho, vermelho e até o preto.

  • Considere as tendências

As referências atuais também ajudam a montar um look bacana e moderno. Os tecidos fluidos estão em alta e são boas opções para aquelas mulheres mais delicadas e femininas.

Outra opção em alta é o vestido de paetê que não exige muitos complementos e consegue dar destaque a formanda mais despojada. O tule bordado, o decote assimétrico e a modelagem sereia também são tendências.

  • Escolha o longo certo para o seu corpo

Geralmente, as mulheres altas costumam ficar melhor de vestidos longos, mas com alguns truques é possível encontrar o modelo certo para valorizar a sua beleza.

O decote em V, por exemplo, é um ótimo aliado das mulheres baixinhas, assim como os modelos com detalhes na parte superior que atraem a atenção para o rosto. Optar por modelos que cubram o sapato também ajuda a alongar.

As meninas altas podem investir em vestidos com cortes horizontais, assim como o decote tomara que caia que encurta o tronco. As mulheres com muito busto devem evitar esse decote, já que ele não garante uma boa sustentação.

  • Não se esqueça dos acessórios

Não adianta ter um vestido lindo e usá-lo com os acessórios errados, pois isso poderá comprometer a sua produção.

Os maxi brincos e maxi colares estão em alta, mas se for usá-los, diminua a quantidade dos demais acessórios e fique atenta ao excesso de brilho ou bordado no seu vestido.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o vestido de formatura? Curta a nossa página no Facebook e receba sempre dicas espertas como essas!

escolher o buque de noiva

Como escolher o buquê de noiva?

O traje da noiva não é feito apenas do vestido. É preciso escolher os acessórios, os brincos, o véu e claro escolher o buquê de noiva. Se você está nessa fase, já deve ter notado que existem inúmeras opções e que nem sempre definir o modelo certo pode ser assim tão simples, não é mesmo?

Então, continue a leitura e confira as dicas bacanas que separamos!

  • Altura da noiva

Antes de pensar nas flores, é preciso considerar o tamanho certo do buquê, e para isso é fundamental prestar atenção à altura da noiva. Para mulheres mais baixinhas, o recomendado é optar por uma composição com flores menores e ramos redondos.

Já as noivas mais altas, podem investir em buquês de flores grandes e ramos longos. Se você está na dúvida, faça o teste apenas segurando o buquê (mesmo sem o vestido) e veja se o acessório não está excessivo para a sua altura.

  • Buquê e decoração

Muitas noivas imaginam que é necessário que as flores do buquê e da decoração sejam as mesmas, e isso não é verdade.

O ideal é que o buquê seja pensado como um acessório do traje, que ajude a destacar o vestido e complementar seu look – justamente por isso não é legal usar as mesmas flores da decoração.

  • As cores das flores

É importante que a cor escolhida para o buquê esteja em sintonia com a sua maquiagem, principalmente com o seu batom. Outro ponto importante a ser considerado é o tom de pele da noiva, já que o buquê deverá ajudar a destaca-lo.

Para noivas morenas, é mais indicado o uso de buquê de cores vivas, como por exemplo, o amarelo, já as noivas loiras e de pele mais clara ficam ótimas com os tons pastel, branco ou ainda os mais fortes, como o vermelho. As ruivas         devem dar preferência às cores mais quentes, por exemplo, o laranja.

Uma dica muito importante é não optar por buquês muito chamativos – como os totalmente em vermelho – porque eles podem “roubar a cena” e chamar mais atenção do que você ou seu look.

  • O buquê e o vestido

O estilo do vestido também é uma informação importante na hora de escolher o buquê de noiva. Os modelos clássicos, com cauda e véu, por exemplo, pedem por um buquê mais requintado, como os estilos cascata.

Já os modelos com bordados e pedrarias precisam de um buquê mais simples, que não brigue pela atenção do traje e que ajude a valorizar os detalhes do vestido. No caso dos modelos mais simples de vestido, é legal investir em um buquê mais ousado e com cores mais fortes.

  • A flor do buquê

O mais recomendado é escolher as flores da época do seu casamento, isso porque elas são mais baratas e fáceis de encontrar. Se você for se casar no verão, poderá compor o seu buquê com algumas folhagens verdes, já para as cerimônias no inverno, flores mais juntas e um buquê mais compacto pode ser uma ideia mais interessante.

Para finalizar, não se esqueça de sempre fazer uma prova do buquê antes, assim você evita surpresas desagradáveis e se possível escolha por flores com pouco cheiro.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o buquê de noiva? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

 

vestido de noiva nao convencional

Vestido de noiva não convencional: como escolher?

Se você não faz o tipo de noiva convencional, que sonha em se casar com vestidos volumosos e com véus enormes, pode ser um pouco difícil encontrar o traje certo que ajude a transmitir a sua personalidade, não é mesmo?

Como essa é uma dúvida de muitas mulheres, nós montamos esse post com dicas e ideias de vestido de noiva não convencional, que vão tornar a sua busca pelo modelo ideal bem mais simples. Confira!

Vestido de noiva não convencional: 4 dicas para sair do típico

  1. Invista em cores diferentes

Se você não é uma noiva convencional, evite os vestidos brancos tradicionais. Além dos vestidos com cores intensas, você poderá também encontrar modelos com tons mais neutros, mas que ajudam a sair do esperado.

Os tons de nude, de champanhe e também de cores frias (como o lilás, o cinza e o azul) são super modernos e ajudam a trazer uma pegada mais diferenciada ao seu traje.

Outra possibilidade é investir em um vestido estampado – que costuma ficar lindíssimo nas cerimônias ao ar livre, como no campo ou na praia, além de trazer um frescor diferenciado a sua produção.

  1. Pense em outros comprimentos

Mais tradicional do que o vestido de noiva comprido não há. Por isso, quem deseja sair do convencional pode optar por modelos de outros comprimentos como o midi ou até mesmo o curto.

Eles também são elegantes e podem ser encontrados em uma variedade de materiais, pedrarias e cortes, além de não deixarem de ser românticos e sensuais.

Os modelos curtos, inclusive, são ótimas pedidas para os casamentos no verão e ao ar livre, ou ainda para àquelas cerimônias mais intimistas. Nesse caso, não se esqueça de caprichar na escolha do sapato, já que ele ficará a mostra.

  1. Saia e blusa

E se, ao invés de um vestido, você usasse uma combinação de saia e blusa? Pois essa é uma tendência que tem feito a cabeça de muitas noivas nada convencionais.

Você pode investir na moda dos top cropped – que são uma espécie de “mini-blusa” deixando um pouquinho de pele a mostra, junto de uma saia mais rodada, por exemplo.

Outra opção são os tailleurs, principalmente para aquelas noivas que apenas irão se casar no civil e não desejam perder a elegância.

  1. Invista em acessórios modernos

Nem só de vestido é feita uma noiva, não é mesmo? Os acessórios ajudam a compor o visual – e se a sua intenção é criar um look diferenciado é importante que os acessórios sigam essa mesma tendência.

As produções mais despojadas podem vir acompanhadas de fascinators, que são aqueles acessórios de cabeça que se assemelham a uma tiara, ou até mesmo do voilette, que é o véu menor, cobrindo apenas o rosto.

Os sapatos também podem ser coloridos e despojados, ajudando a passar a identidade da noiva.

Com essas dicas, ficou mais fácil pensar no modelo do seu vestido de noiva não convencional? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

vestido para a mãe da debutante

Vestido para a mãe da debutante: como escolher?

Além da aniversariante, quem também chama a atenção na festa de 15 anos é a mãe da debutante e muitas vezes podem surgir dúvidas quanto à escolha do modelo e os detalhes a serem considerados.

Buscando lhe ajudar nesse momento, separamos algumas dicas importantes na escolha do vestido para a mãe da debutante – e que vão ajudar você a arrasar nesse momento. Confira!

  1. Conheça o seu corpo

Independentemente do tipo de vestido e de festa é fundamental que qualquer mulher conheça o seu corpo e saiba o que deseja valorizar e o que deseja disfarçar, podendo assim tirar melhor proveito do que cada modelo oferece.

As mamães que desejam parecer mais magras, por exemplo, podem apostar em vestidos de tons mais escuros (como o vinho, o azul marinho ou o verde escuro), mas não deve deixar de lado os modelos bordados e com pedrarias.

  1. As características da festa

Como será a festa que vocês estão organizando? Para as clássicas e tradicionais é obrigatório trajes a rigor, por isso o mais recomendado é optar por modelos longos, desde que de acordo com o seu perfil e gosto.

Já para as festas mais intimistas ou despojadas – e também para aquelas mães mais novas – os modelos longuetes ou midi podem ser ótimas escolhas, principalmente dependendo da época do ano.

O importante é estar de acordo com o clima da celebração. Se você optar por um vestido curto, lembre-se de escolher os modelos com brilhos, bordados ou paetês (para as festas noturnas) porque trazem mais elegância. Já para os longos, opte pelos modelos mais “secos”, suave e com pouco bordado.

Além disso, nas festas temáticas é preciso ficar atenta para escolher um vestido que esteja de acordo com o tema escolhido (não é porque você é a mãe da aniversariante que pode ficar de fora, ok?).

  1. Cuidado com o excesso

É sempre bom lembrar que, por mais que esse momento seja importante para você, ele é a hora da sua filha – e por isso, os holofotes devem estar focados nela.

Assim, evite os excessos, como muito brilho, modelos curtos demais, com fendas ou decotes exagerados. Tudo isso pode pesar e fazer com que você acabe chamando mais atenção do que a debutante (e no caso, não de uma forma positiva).

  1. Acessórios

Nenhum look está completo sem os acessórios, não é mesmo? Mas, novamente, evite as extravagâncias. Se o modelo do vestido já é bordado e com bastante pedraria, por exemplo, opte por brincos menores.

Dependendo do decote também é possível dispensar o colar, como nos casos das golas mais altas.

O ideal é acompanhar o vestido formal com salto alto, mas se você quiser poderá levar uma rasteirinha para trocar no decorrer da festa e aproveitá-la melhor.

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o vestido para a mãe da debutante? Se você gostou desse conteúdo, curta a nossa página no Facebook e receba muitas dicas bacanas e veja modelos de vestidos incríveis para todas as ocasiões.

vestido para madrinha

Como escolher o vestido para as madrinhas?

Há algum tempo, algumas noivas brasileiras estão entrando na tradição de escolher o vestido para as madrinhas – podendo ser desde algumas orientações em relação à cor ou ao modelo, até mesmo optando especificamente pelo vestido que será usado.

Se você sonha em ter no seu casamento uma harmonia perfeita entre as madrinhas e os padrinhos na hora da cerimônia, decidir antecipadamente pelo modelo pode ser uma ótima opção. Quer saber mais sobre essa tendência? Continue a leitura!

Por que escolher o vestido para as madrinhas?

Como dissemos essa é uma tendência que tem sido importada, sobretudo dos Estados Unidos. Por lá é comum que as noivas decidam a cor e o modelo do vestido das damas de honra (que costumam ser as amigas da noiva).

Para adaptar essa tradição aos casamentos brasileiros, muitas noivas optaram por definir os vestidos das madrinhas, buscando uma sintonia dos trajes e também um efeito cênico muito bacana no altar.

Existem várias possibilidades, desde madrinhas de cores idênticas, até uma paleta de tom sobre tom ou de degradê. Você ainda pode solicitar que todas usem o mesmo modelo com a mesma cor, ou modelos variados com a mesma cor ou ainda cores variadas, mas com o mesmo modelo de vestido.

Assim, para conseguir isso, é importante além de definir o traje das madrinhas, também pensar no traje dos padrinhos.

Como escolher o vestido para as madrinhas?

Já que existem várias possibilidades, tudo irá depender do que você sonha para o seu casamento, porém algumas dicas são essenciais:

  • Converse antecipadamente com todas as madrinhas

Embora seja o seu sonho que todas as madrinhas usem rosa, por exemplo, pode ser que nem todas elas sintam-se confortáveis com essa cor. Por isso, é essencial conversar antecipadamente com cada uma delas, explicando a sua ideia e conferindo a receptividade ao modelo ou a cor sugerida.

Não se prive de também ouvir a opinião das madrinhas, afinal elas podem lhe dar ideias novas e até sugerir alguns modelos que podem combinar com o que você tem em mente, e ainda deixá-las mais confortáveis. Diálogo é essencial.

  • Faça tudo com antecedência

Como esse é um caso diferenciado, você poderá necessitar de mais tempo para organizar e encontrar os vestidos, do que se cada madrinha fosse alugar ou comprar o seu modelo, por exemplo.

Por isso, deixe tempo suficiente para essa tarefa, inclusive para procurar lojas que tenham disponíveis os modelos e as cores que você deseja. O ideal, no caso do aluguel, é que todas as madrinhas aluguem na mesma loja – assim será mais fácil encontrar modelos ou cores que sejam semelhantes.

Dicas de boas orientações para as madrinhas

Mas se a sua ideia é deixar o traje livre para que as madrinhas encontrem o modelo ideal, ainda assim é necessário dar algumas orientações, como:

  • Defina o comprimento obrigatório para o traje (hoje, nem todos os casamentos pedem que as madrinhas usem longo, mas é importante que todas estejam com vestidos no mesmo comprimento);
  • Evite que duas madrinhas usem a mesma cor de vestido (a menos que seja essa a sua intenção), nesse caso peça para que elas conversem antes de optar pelo vestido;
  • Converse com as suas madrinhas caso você não queira que algumas cores sejam usadas, como branco, preto ou vermelho (que podem chamar muita atenção, desviando o foco da noiva).

Com essas dicas, ficou mais fácil escolher o vestido para as madrinhas? Se você gostou desse conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais com as suas amigas!

festa-de-15-anos

Festa de 15 anos: por onde começar a sua?

Finalmente chegou o seu momento de realizar a festa de 15 anos? Então comece a se preparar, já que a organização desse tipo de evento demanda bastante tempo e antecedência para que tudo fique perfeito no grande dia.

Se você está um pouco perdida e não sabe como organizar a sua festa de 15 anos, veja essas dicas importantes que separamos e que vão lhe ajudar a dar inicio a essa tarefa. Confira!

  1. O orçamento da festa de 15 anos

Antes de tudo é fundamental que você saiba quanto poderá gastar na sua festa de 15 anos. Afinal, é a partir desse valor que você poderá pensar em qual local alugar, buffet contratar e até qual vestido alugar.

Por isso, converse francamente com seus pais ou responsáveis e defina quanto será investido na festa. Lembre-se que esse valor deverá ser suficiente para cobrir todas as despesas, por isso é necessário planejamento, evitando gastar demais em um só item e ficar sem dinheiro para os outros.

  1. Defina a data da sua festa de 15 anos

Claro que a data terá relação com o seu aniversário, mas e se ele cair durante a semana? Ou se for muito próximo a algum evento na sua cidade ou um feriado prolongado? Ou, pior ainda, e se o local que você deseja alugar já estiver reservado nessa data?

Por essas questões, pode ser normal que a sua festa aconteça em finais de semana próximos ao seu aniversário. Antes de definir qualquer data, contudo, tente pensar se ela é fácil para todos os seus convidados – assim você garantirá que todo mundo poderá participar do seu evento.

  1. Faça a lista de convidados

Definir o número de pessoas é muito importante em qualquer tipo de organização de eventos, pois é a partir dessa informação que você irá definir o buffet, o espaço e vários outros itens essenciais.

A lista de convidados precisa estar de acordo com o seu orçamento. Por isso, se você tiver com os recursos “apertados”, tente não se empolgar muito e opte por uma festa menor e mais intimista, com quem realmente é importante para você.

  1. O estilo e o tema da sua festa de 15 anos

Atualmente está muito em uso a definição de um tema para as festas de 15 anos, que será responsável por guiar toda a decoração, as roupas dos convidados e da debutante e até o que será servido ou as músicas que serão tocadas, por exemplo.

Escolher o tema não precisa ser uma tarefa árdua. Pense em algo que faça sentido para você, e não apenas que esteja na moda. Como um filme que você gosta muito, um estilo de música, cores, um estilo de vida, um local no mundo ou outras ideias que se relacionem com a sua personalidade.

Quanto mais próximo da sua personalidade for o tema, mais agradável será esse momento para você e maior identidade você terá com a sua festa de 15 anos.

  1. Decida o local da festa de 15 anos

Com as informações de quanto poderá gastar, de quantas pessoas irá convidar e de qual o estilo decorativo você irá seguir, ficará mais fácil definir o espaço da festa.

Lembre-se de buscar por opções que sejam fáceis de seus convidados chegarem, que possua banheiros suficientes, acessibilidade, segurança e que permita que todos fiquem confortáveis.

  1. Cabelo, maquiagem e roupas

O vestido da festa de 15 anos é algo extremamente importante e deve ter relação com o tema que você está planejando. Também é essencial definir quantas trocas de roupa você irá fazer – já que muitas debutantes optam por usar 2 vestidos diferentes.

Aproveite para definir o cabelo e a maquiagem, que devem estar de acordo com o vestido escolhido. Muitas debutantes também optam por definir o vestido das 15 meninas que irão dançar a valsa.

Para não ter desentendimentos é sempre importante conversar com elas antecipadamente e ouvir delas quais modelos elas gostam mais e com quais não se sentem muito confortáveis, afinal é bacana que todos aproveitem esse momento com você.

Com essas dicas, ficou mais fácil começar a organizar a sua festa de 15 anos? Se ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!

Pages:12»