Engana-se quem pensa que só as noivas ficam ansiosas na hora de escolher o que vestir na cerimônia. Com o aumento das opções para eles, muitos noivos também ficam em dúvida de qual o melhor modelo e não sabem se devem optar pelo fraque, pelo meio-fraque ou pelo terno.

Os três costumam ser bastante usados nos casamentos brasileiros, mas as suas indicações são diferentes e podem variar de acordo com o tipo de cerimônia que vocês estão planejando.

Se você também tem dúvidas sobre esse assunto, fique calmo e continue a leitura desse texto, conferindo as informações importantes que separamos.

O que é o fraque?

O fraque é aquele traje masculino que possui uma cauda mais comprida na parte detrás e que vai até, praticamente, a altura dos joelhos. O mais usado é o preto, com colete branco para o noivo e cinza para os padrinhos.

Em geral, a camisa usada é branca e as calças possuem um tecido riscado. A gravata mais usada é a plastron, que vem presa com alfinete. Em alguns casos, também pode ser usada a grava longa em tons de prata ou – para aqueles noivos mais descolados- cores diferenciadas.

E o meio-fraque?

Ele é um pouco menos formal que o fraque e foi lançado por Ibrahim Sued. Como o fraque é o traje típico dos casamentos ingleses e de países frios, o meio-fraque foi uma invenção brasileira e que se popularizou bastante por aqui, por ser menos fechado e quente do que o seu irmão inglês.

O meio-fraque mais usado é o cinza grafite e possui o comprimento semelhante a um paletó normal, a calça costuma ser cinza com riscas pretas, o colete branco ou cinza e a gravata prata.

Esse traje pode ser usado pelo noivo e pelos padrinhos e dá um toque mais homogêneo aos homens, deixando o colorido para as madrinhas.

img_1458img_1427img_1470

Quando usar fraque, meio-fraque ou o terno?

Depois de entender um pouco a diferença entre o fraque e o meio-fraque, você deve estar pensando, e agora, qual eu devo escolher?

Como dissemos no início do texto, tudo irá depender do estilo da cerimônia que vocês estão planejando.

O terno é a escolha padrão para a maioria dos casamentos e é indicado para aquelas cerimônias um pouco menos formais. Você poderá variar usando o terno completo (com colete e paletó) para as cerimônias mais formais, ou apenas com camisa e paletó (para aqueles casamentos mais intimistas). Se o seu casamento for durante o dia, o terno é o mais recomendado e você ainda pode optar por cores mais claras e despojadas.

Agora se a sua cerimônia será bem mais formal, e o traje da noiva é mais suntuoso, então você precisa estar à altura, não é mesmo? Nesse caso, o fraque é o mais indicado. Embora na Inglaterra ele seja mais usado em cerimônias diurnas, aqui ele fica muito bem com celebrações formais e à noite.

O meio-fraque é usado para diferentes tipos de cerimônias e combina muito bem com aqueles casamentos um pouco mais formais, mas que os noivos não são tão rigorosos assim. Você poderá variar, diferenciando o traje do noivo (de fraque) e dos padrinhos (meio-fraque) ou modificando as cores dos coletes e gravatas, por exemplo, para evitar que todos fiquem com os mesmos trajes.

Com essas dicas, ficou mais fácil decidir pelo fraque, o meio-fraque ou o terno? Se você ainda tem dúvidas, deixe-nos um comentário!